Pato estreiou diferente, Messi estreiou em 2014 e surpresas podem estrear na Liberta…


Estreia13032014

Galera do blog, ontem uma quarta-feira recheada de futebol e algumas estréias entre Copa do Brasil, Libertadores e Champions.

Na Champions, os quatro times estrearam um bloco de ressaca pós carnaval que daria inveja na dor de cabeça que a Adriano Imperador, Ronaldo e até o Velho lobo Zagallo sentiram na segunda-feira. Foram jogos chatos, que se arrastaram em campo.

De bom mesmo, só a sensação de que Messi estava realmente se preservando. O argentino buscou mais o jogo ontem, correu bastante, voltou para marcar e se mostrou mais participativo, lembrando o velho Messi. Ou mostrando que Messi, enfim estreiou no ano.

Pela Copa do Brasil, um monte de jogos para começar o campeonato, em um monte de estádios que mostram como é o nosso Brasilzão e nenhuma grande surpresa a não ser o fato de que os dois grandes paulista que jogaram ontem (Palmeiras e São Paulo) não conseguiram eliminar o jogo de volta.

No São Paulo, tivemos a estréia de Pato que mostrou a velha vontade e dedicação de um trabalhador em um emprego novo. De diferente, o fato de que pela primeira vez, ele não marcou em uma estréia, quem sabe não seja um indício para um final diferente do que ele teve nos outros clubes.

Outro fator curioso ontem, foi a vitória do Inter sobre o Remo. Nem tanto pela goleada imposta de 6×1, mas faziam exatos 518 dias que o Inter não conseguia uma vitória sem contar com o meia D’Alessandro.

Pela Libertadores, hoje Furacão e Grêmio entram em campo para encerrar a terceira rodada dos times brasileiros.

Atlético-MG que começou cheio de desconfiança com o trabalho de Autuori faz uma campanha tranquila no grupo e sem sustos. Botafogo e Furacão apesar do grupo embolado possuem dois jogos em casa no returno e também tem tudo para carimbar a classificação.

Grêmio está surpreendendo pela tranquilidade com que vem conquistando pontos no “tal grupo da morte”. Tem tudo para classificar tranquilo em primeiro do grupo.

Agora Cruzeiro e Flamengo se complicaram em seus grupos. O Cruzeiro terá que vencer os dois jogos em casa e buscar pontos na partida fora, ou pode ficar de fora. Para o Flamengo a situação é ainda mais complicada, o rubro-negro possui só mais um jogo em casa e terá que buscar pontos fora para recuperar do empate de ontem contra o modesto Bolivar.

Eu não duvidaria que um dos dois ficariam de fora da próxima fase da Libertadores. E vocês?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s