Crise de adolescente no Pacaembu!


Post03022014

Galera do blog, mais um fim de semana de futebol, ou pelo menos de quase isso. Pelo menos, tivemos dois clássicos aqui no “eixo”.

O Palmeiras venceu o São Paulo com sobra, o time tricolor evidenciou aquilo que mencionei no meio da semana, o time perde o rumo quando toma um gol, ainda não tem confiança e falta liderança dentro de campo e de preferência longe do gol.

O Palmeiras melhorou a qualidade do elenco e optou pela manutenção do seu treinador garantindo um padrão tático ajustado no time. O time não é genial, mas está bem montado e com boas peças, tem tudo para fazer a final com o Santos.

No Rio, Vasco e Botafogo fizeram um clássico fraco, vencido por 1×0 pelo cruz-maltino. O Vasco também está arrumadinho, mas possui elenco limitadíssimo. Enquanto, o Botafogo mantém a garotada no elenco e sofre com o início do trabalho de Hungaro.

Mas o que ficou do futebol nesse fim de semana, foi a troca de provocações entre Ceni e Valdivia. A rixa é antiga, vem desde uma eliminação no mesmo campeonato paulista que o São Paulo sofreu para o Palmeiras com direito a provocação do meio campista chileno que os dois não se bicam.

E ontem não foi diferente, Valdivia faz o primeiro gol da partida, corre para um lado e depois resolve passar na frente de Ceni e erguer os punhos bem no momento que ele está a frente do goleiro.

Ceni então, decidi responder com uma tentativa de rasteira para desmoralizar a comemoração do chileno. Porém, sem sucesso.

Diante disso, seguem as considerações:

Ambos agiram como duas crianças mimadas. Valdivia, como aquela criança que nunca teve nada, nunca ganhou nada e vive de migalhas, quando consegue alguma coisa, corre para achincalhar quem sempre teve sucesso. Ceni, foi a criança rica e que sempre teve tudo, e que fica inconformado quando crianças do tipo Valdivia querem achincalhar por um motivo tão pequeno.

Gostaria de saber qual seria a reação se Mazinho e Denis fossem os personagens dessa cena mediocre?

Valdivia, tem potencial para ser um grande jogador, porém esbarra nas suas recorrentes crises de adolescente. Tá na hora de crescer, chinelo… ops, chileno!

E por fim, seria muito mais provocativo e inteligente, se no final, Valdivia quisesse trocar de camisa com Ceni. Uma maneira mais sábia de tirar do sério seu rival, sem parecer um babaca.

Anúncios

2 respostas em “Crise de adolescente no Pacaembu!

  1. Sobre o jogo, para começar, o time do São Paulo mostrou falta de qualidade no meio de campo, novamente. Welington já vem mostrando que não dá conta de ser o único volante do time, com a chegada do souza, isso pode melhorar, maicon e ganso não conseguem criar de onde estão jogando (muito longe da área), talvez com um atacante a menos, de preferência Ademílson, que não jogou nada no clássico, e mais um armador no time, a equipe possa melhorar. A defesa teve seus problemas tb, Mano Brown não tem dado a segurança necessária que um time do Muricy normalmente tem. O palmeiras veio compactado jogou no erro do tricolor, acertou passes e teve a sorte ao seu lado, se o jogo estivesse acontecendo até agora, o são paulo ainda não teria marcado nenhum gol.

    Sobre o lance do Mito e do Mago, só tenho a dizer que é algo do futebol e ponto, não teve toda essa análise comportamental e analogias que o blogueiro quis inventar, Rogério olhou o vacilão vindo correndo e pensou – Putz, vou passar um rapa nesse trouxa!
    Talvez, nem tentou pra valer, e se tentou mesmo errou F%¨*#-$%,
    Quem nunca perdeu uma bola e tentou chutar o cara que roubou a bola que era sua?
    Deixem isso pra lá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s