Futebol em relacionamento sério?


O STJD decidiu no começo da semana suspender o Aparecidense-MT da Série D do campeonato brasileiro.

Para quem não acompanhou o time jogava contra o Tupi-MG e precisava de um empate para seguir em frente no campeonato, e no último lance da partida, o massagista do clube entrou em campo para evitar o gol que eliminaria o time de Mato Grosso e classificaria o time mineiro. Veja o lance abaixo:

Confesso que achei surpreendente a decisão do STJD que foi favorável a moral do futebol, ao invés de ir simplesmente pela lei. Desconfio que na decisão em segunda instância, eles voltarão atrás e optarão por uma nova partida, o que seria horrível, pois premiaria o infrator, ou culpado.

Não sei, o quanto manter essa decisão impacta em nossos regulamentos, mas acho que a jurisprudência que a manutenção dessa decisão possa criar, será benefíca ao nosso esporte. Aliás com regras mais sérias para tudo que envolve nosso futebol, poderemos novamente nos considerar o país que respira futebol.

Hoje, não frequentamos estádios direito, nosso público é pífio, sempre desconfiamos de esquemas Parmalat’s, Unimed’s, MSI e CBF’s. Criamos casos como o Madonão e ainda vemos massagistas invadirem o campo para influenciar em resultado.

Acho difícil que essa punição ao Aparecidense seja mantida, mas que estou torcendo para a manutenção na crença de tornar sério nosso futebol. Sair da paixão adolescente para um casamento apaixonado.

0,,32980273-EXH,00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s