Brasil, mostra a sua cara!!


Brasil-Inglaterra-Foto-Yasuyoshi-Chiba

É galera mais um fim de semana que passa recheado de futebol. Além de toda a rodada do Brasileirão, tivemos amistoso da seleção e hoje a apresentação de Neymar no Barcelona.

Entre um jogo o outro na TV, gostei muito de Corinthians e Ponte Preta, o placar poderia ter sido mais mexido. Talvez até com a manutenção da vitória corintiana, mas bem que poderia ser um 3×2 para ilustrar a partida. Um jogo bem movimentado com boas chances para os dois lados, mas que terminou apenas com um único gol marcado por Emerson Sheik.

Acompanhei ainda no fim de semana, o fraquíssimo jogo entre Santos e Grêmio. O Grêmio até tentou mostrar um futebol mais apresentável, mas logo percebeu a fragilidade santista e decidiu tirar o pé após o primeiro gol. Contudo, o castigo veio no final e culminou com um empate em 1×1 sem a menor graça. Para o Grêmio, a sensação de que o time pode jogar mais, para o Santos que o time precisa encontrar logo um padrão tático e algumas peças para qualificar o elenco.

Teve também o jogo entre Atlético-MG e São Paulo que terminou em um 0x0 com gosto de derrota para o tricolor, graças a um gol perdido por Osvaldo. O time mineiro fez uma partida burocrática, sem muita empolgação, muito em virtude do time estar poupando esforços para as semifinais da Libertadores. Já o São Paulo jogou mais com vontade do que talento, sem Jadson e Ganso, o time não tinha criação nenhuma e mais uma vez teve um jogador expulso. É impressionante, como o time de Ney Franco gosta de jogar com 10 em campo.

E agora, chegou a hora de falar da seleção. Surpreendentemente, o time fez um bom primeiro tempo, mas não soube converter em gols. Paulinho, Daniel Alves, Oscar e até Neymar se movimentaram muito bem, permitindo ao Brasil o domínio da partida. No segundo tempo, com as mudanças promovidas, o jogo ficou mais “desarrumado” taticamente e com mais espaços para os dois times, foi quando sairam os quatro gols, dois para cada seleção.

Antes dos corneteiros de plantão, chiarem, sim eu gostei da atuação de Neymar, nossa maior estrela, teve mais mobilidade e algumas boas chances. Isso tudo, graças, ao mínimo de padrão tático assumido pela seleção, jogando em times bagunçados, não tem como o talento aparecer, a seleção brasileira começa a ter a forma de Felipão e consequentemente, Neymar entende seu papel nela.

O Brasil está longe dos favoritos, mas já tem forma, o time que estava ganhando essa cara com Mano, não sofreu tanto com a chegada de Felipão e já mostra sua cara também! Brasil!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s