Felipão e seu velho jeito sábio de ser…


Felipao15052013

Hoje era dia de Rapidinhas, mas diante da convocação de Felipão, vou guardar o veneno para amanhã, quem sabe alguma Boca surpreenda e fique melhor ainda o post de amanhã.

É engraçado como Felipão conseguiu ser tão previsível na sua convocação que só restou lamentar a ausência de Gaúcho e a permanência de Hulk. A ausência de Gaúcho pode ser explicada (não significa que precisa ser aceita) por motivos técnicos ou comportamentais. Comportamental é fácil de explicar, mas não acredito que isso seja o suficiente para tirar Gaúcho na fase atual do time, então só resta o técnico e o que parece quase um contra-senso tem explicação.

Scolari tem um esquema pronto na cabeça 4-4-1-1, e Ronaldinho hoje atuaria no lugar de Neymar, ou seja, ou Gaúcho assombraria Neymar na reserva, ou Neymar teria que ser reserva de Gaúcho, para evitar esse problemão na seleção, Scolari não levou Gaúcho. Porém, irá cobrar de Neymar uma atitude de quem quer ser o principal jogador da seleção, caso Neymar não corresponda, Gaúcho estará pronto e comendo a bola no Galo. Scolari pode ser ultrapassado, mas não nasceu ontem.

Para o gol, Julio Cesar, Cavalieri e Jefferson foram os chamados. Nenhuma novidade na lista de Felipão, muitos podiam ter especulado, Diego Alves, Rafael e cheguei a ouvir até Rogério Ceni de alguns. Mas, assim como em 2002, Felipão levou três goleiros experientes e vai dar a titularidade para aquele que passa menos segurança no momento. Assim como em 2002, Marcos era menos confiável que Ceni e Dida, Julio está igual aos outros dois. Em 2002, a fórmula funcionou e muito, Marcos foi monstruoso durante a Copa.

Para as laterais, Scolari chamou Dani Alves, Jean, Marcelo e Filipe Luis. Ponto para o treinador que não quis insistir em André Santos, e ainda optou por um lateral que na verdade é volante ganhando opção no elenco. Só achei que poderia ter levado Rafael do Manchester, já que o menino atua nas duas laterais, ou até mesmo o burocrático Adriano do Barça.

Para a zaga, nenhuma novidade, Thiago Silva, David Luiz, Dante e Réver vão vestir a amarelinha. O Brasil passa por um momento único na sua história no futebol, nunca fabricamos tantos zagueiros bons. Deixamos para trás Dedé, Miranda, Felipe Santana, Henrique e alguns mais eufóricos Gil e Tolói.

Entre os volantes, Paulinho, Luis Gustavo, Fernando e Hernanes. Aqui surpresa pela ausência de Ramires, mas de qualquer forma gostei muito das opções. Para quem cornetou que volante-artilheiro só é bom para a torcida, Felipão vai ter que proibir esses meninos de treinarem finalização, só assim para eles não marcarem seus costumeiros golzinhos.

No meio de campo, Jádson e Oscar. Muitos dirão e Lucas e Hulk e fulano e ciclano são meias também, não eles são atacantes. E aí apesar de gostar muito dos dois jogadores, acho que falta alguém com mais quilometragem, podia ser Kaká, Gaúcho, Alex cabeção, até Zé Roberto e Diego (ex-Santos). Espero que os dois se sintam a vontade para jogar na seleção, senão vai faltar cerébro nesse time.

No ataque, uma enxurrada de velocidade e juventude junto do titio Fred. Neymar, Bernard, Lucas, Hulk, Fred e Damião. Sinceramente não levaria Hulk nem Damião, optaria talvez por Tardelli, Jô ou Pato, mas de qualquer forma pelo menos o menino Bernard estará lá.

Felipão já anunciou que pretende montar seu time no 4-4-1-1. Julio Cesar, Dani Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo estão quase garantido, exceção apenas para David Luiz, já que o professor gosta muito de Dante, o problema é se ele resolver antecipar David Luiz, a priori Dante é banco.

Na linha de meio, deve começar Fernando, Hernanes, Hulk e Oscar. Torço para que o passar do tempo, faça o time ter Fernando, Oscar, Lucas e Bernard. Oscar sendo o Schweisteinger do Brasil com Lucas e Bernard infernizando os flancos adversários.

No 1 recuado, Neymar, que assim terá liberdade para atuar como quiser, tendo apenas que fechar a saída de bola adversária quando estiver sem a bola. E lá na frente titio Fred, que vai ficar esperando a bola chegar para mandar para o gol, e recuar quando der, porque ele não pode se cansar!

No fim, trata-se de uma boa seleção, precisa entender a proposta do treinador e cada jogador precisa se adaptar rápido ao estilo de cada um! Se Felipão, quiser uma sugestão, joga no Independência e pede para o Ronaldinho ser embaixador do time até a Copa. #caiunohortotamorto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s