O desespero de Felipão e o momento de Pato e Ganso.


FElipao O Grito

Galera do blog, ontem foi mais um dia recheado de futebol, acompanhei ao amistoso da seleção e aos jogos de Corinthians e São Paulo. Confesso que o do São Paulo foi um pouco mais difícil de assistir, pois minha placa de modem da TIM, é da TIM, logo lenta.

Sobre os times paulistas, o Corinthians teve em Pato seu jogador mais ativo, foi quem buscou as melhores chances, mas ao mesmo tempo perdeu algumas. Do restante, sem muitos destaques no time. O time reserva do Corinthians parece não ter a mesma “pegada” que o time titular tem, então o jogo fica lento e bem amarrado.

Sobre Pato ainda, o atacante tem se mostrado bem disposto, não fugiu do jogo, foi para a briga e tomou algumas entradas fortes ontem e por enquanto o uniforme de plástico bolha vai salvando ele. Tem tudo para dar muito certo no Corinthians.

Sobre o São Paulo, se esse era para ser o jogo de teste para a Libertadores, os torcedores devem se preocupar. O time foi apático, Canete não foi bem como nas partidas que entrou durante o jogo e Ganso foi o de sempre nos últimos jogos. Sobra talento no trato com a bola, mas ainda falta participação mais efetiva no jogo.

Escutei diversos torcedores reclamarem e cornetarem Ganso. O curioso é que foi o mesmo tipo de reclamação que fizeram quando Jadson chegou. Ganso precisa de tempo, seu jogo é entender como cada jogador atua, como achar o melhor espaço no esquema do treinador, mas isso leva tempo. Ganso é formidável, mas acredito que apenas no Brasileirão ele voltará a ser o grande jogador que é.

Vamos agora para nossa querida escrete amarelinha de Dom Felipone. E Felipão tratou de não decepcionar os estatísticos. Scolari mantém a marca de 100% de aproveitamento na estréia por seleções. Foram 4 estréias e 4 derrotas.

Contudo, olhando para o particular da partida de ontem, algumas considerações devem ser feitas. Felipão precisa usar sua intuição mais do que nunca para encontrar rápido o grupo que fará parte da seleção em 2014. A atuação ontem foi certamente boa para ele, pois poderá mexer da forma que bem entender para fechar o grupo.

No gol, continuamos sem segurança nenhuma com nosso camisa 1, Julio foi regular, oscilou grandes defesas, com lances bizonhos. Gosto dele, mas Felipão precisa bater no peito e dizer, fulano é meu camisa 1 e pronto.

Laterais, comentei em grupo de amigos e repito aqui, para mim, Marcelo é o único com “estirpe” para vestir a amarelinha. Gostei de Filipe Luis, pode ser o reserva de Marcelo, na direita confesso que Daniel Alves é bom, mas não para a seleção, ali é para levar quem estiver melhor no momento e pronto.

Na defesa é o único lugar que sobra jogadores, gostei de Dante pode fazer parte do elenco. Setor que menos preocupa na nossa atual seleção.

No meio de campo, temos volantes bons, mas que precisam se entender, falta sintonia entre eles na hora de fazer uma cobertura ou na leitura do momento em que cada um sobre. Na parte ofensiva do meio, me preocupei com Oscar, o jovem meia fez sua pior atuação com a camisa da seleção. Ronaldinho usará a muleta da falta de ritmo no ano. Para mim, aí está o maior dilema de Felipão, ele terá que achar rápido as peças certas que farão a seleção jogar.

No ataque, o maior problema é não transformar a seleção em um Santos que depende da genialidade de Neymar. O time é forte o suficiente para jogar sem ele, portanto a seleção precisa jogar para aproveitar a genialidade dele, não depender dela.

Em resumo, Felipão terá que usar suas melhores qualidades e corrigir antigos vícios.

Anúncios

Uma resposta em “O desespero de Felipão e o momento de Pato e Ganso.

  1. Sobre o São Paulo, o jogo foi fraco o time não conseguiu furar a defesa da Ponte, não conseguiu por que não soube jogar pelas laterais como deveria, Cortez ridículo não conseguiu apoiar, n
    ao acertou nenhum cruzamento e seu lado do campo parecia uma avenida quando o adversário atacava. Douglas é jogador pra cobrir buraco, p. miranda tem que ser o titular, fechando a parte defensiva e liberando Canete para o ataque, outro que também não aproveitou a titularidade , forçou dribles desnecessários.
    Na parte defensiva como um todo não tivemos quase problemas, apenas um erro, furada do xerife lúcio e um carinho de 5 metros de Rodolfo. Lance bizonho se tivesse acontecido o gol estariamos falando só nele, de resto fomos bem, Toloi entrou precipitado. Defeito da zaga é subir em todos os escanteios deixando Denílson e Cortez segurando, como faltou precisão nos escanteios poderíamos ter tomado o contra-ataque que não veio porque o ataque da ponte é fraco.
    Denis seguro, welington bem mas nervoso achei. Jadson o melhor do time foi substituído para a manutenção de Osvaldo que foi muito fominha e errou demais . Aloísio precisa do gol, foi médio.
    Pato, esse foi muito bem, mostrou categoria ao dominar e caminhar com a bola, chutou cabeceou não faltou vontade, porém, o time realmente lento e sem seus volantes não tem força alguma.
    Seleção só vi o VT,Gaúcho está ótimo no Atlético mas não para a seleção, o rpeferido de felipão e Marin não deve seguir na seleção após a copa das confederações, a chance agora é do outro medalhão kaka.
    Seleção para a copa confederações:

    Julio Cesar e Cavalieiri (Ceni)
    Dani Alves, Adriano e Marcelo
    T Silva, David Luiz, Dante e Dede
    hernanes, Luiz gustavo, Ramires, Paulinho.
    Kaka, zé roberto, Diego, Oscar e William
    Neymar, Lucas, Fred e l. fabiano.

    jogadores a serem observados:
    Tardelli, Rafinha, Bernard, Pato e Maicon.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s