Muito mais do mesmo… mas nós amamos tudo isso!


De Ulisses André

Gols, muitos gols, lances polêmicos, derrotas inesperadas e o show de sempre. Foi assim a última rodada.

Se eu não fosse brasileiro poderia até poderia dizer que o Brasileirão não é o campeonato mais envolvente e surpreendente do mundo, mas como bem sabem, além de ter nascido nessa terra abençoada eu ainda sou um romântico, e leiam bem, romântico daqueles exagerados, logo confirma a máxima de que o futebol brasileiro é sim o melhor do mundo.

Digo isso, absolutamente, não só por esse esporte aqui ser o mais popular, mas pela “inesperalidade” com que os eventos passam.

Quando que veríamos um bandeirinha falhar e ser, além de punido, exonerado da função.

Privado de suas ações de apontar faltas, direitos de saída de bola e acima de tudo o impedimento, ah, o impedimento, regras e regras para não deixar um time em desvantagem quando sofre um ataque. Na síntese a regra básica é: para-se a jogada quando antes do momento do passe o time que ataca estiver qualquer distancia a frente do último jogador que não o goleiro do time que defende. E o bandeirinha ignorou esta regra, 3 vezes. Como humano entendo que qualquer um pode errar, na pior das possibilidades, errar 3 vezes seguidas, Palermo que o diga!

Mas tinha que errar logo num clássico, contra o time que tem a maior torcida e ainda sobe as lentes da Globo… Ai neste caso o erro que era 3 vira milhões. E não pode nem reclamar, para a nação anti-corintiana ate que foi bom, só foi constatada a tristeza do bandeirinha não ter feito isso na libertadores.
Chega de dar ibope para desgraça!

São Paulo, Grêmio e Coritiba acharam o caminho das redes, e como dizem: Lavaram a Égua… E sabe-se lá Deus porque lavar a égua é sinal de coisa boa, se bem que goleadas sem boas campanhas também não são!

E ela finalmente chegou… Sim, a rodada dos clássicos, cachorros raivosos querendo todos proteger seu território, o do orgulho. Arrisco dizer que é um dos poucos eventos que quando os jogadores dessa nova era deixam de ser apenas profissionais e passam a realmente vestir a camisa e entram no clima da competição. Jogos pegados, disputas acirradas de bola, esforços incomuns, uma doação maior dos jogadores em busca da superação!

Se eu puder dar um conselho, seria ele: Assistam a todos os jogos que
Conseguirem… Todos valerão a pena!

Me despeço como sempre desejando um ótimo final de semana cheio de gols! Uns vão sorrir, outros vão chorar, mas a paixão pelo futebol é unânime.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s