Pitacos: Pelo menos, durante 9s63 o fim de semana foi extraordinário…


Galera do blog, esse fim de semana acompanhei Vasco 0x0 Corinthians e Naútico 3×0 Santos. Parei por menos de 10 segundos, no jogo do Corinthians para acompanhar o mito Usain Bolt. Um verdadeiro fenômeno. Em contrapartida, nosso brasileirinho continua uma tristeza só.

No sábado, Palmeiras e Internacional fizeram um jogo amarrado e feio, gol apenas do Inter e do volante Ygor que ainda disse buscar inspiração em Falcão, coitado do craque. Fernandão mostra que segue a linha de Felipão e Abelão, está montando um Inter cascudo, não joga bem, mas é difícil de ser batido. O mesmo vale para o Palmeiras.

Em Goiás, o Atlético-GO até esboçou um início e forte e promissor, mas logo a realidade veio a tona e o Botafogo buscou a virada. Melhor do que a vitória, foi ver Seedorf fazendo a primeira boa partida pelo Glorioso, pelo jeito o gramado do Engenhão é ruim mesmo.

Para fechar o sábado, a Lusa venceu o Figueirense por 2×0, reforçando a minha teoria. A Portuguesa montou um time bem redondinho, se acreditar que é forte mesmo pode fazer uma ótima campanha. Moisés, Guilherme, Ananias, Léo Silva e agora Bruno Mineiro no ataque são jogadores que merecem um olhar dos grandes.

E o Luxa parece decidido a novamente ser reconhecido apenas como técnico, o time do Grêmio está jogando bem, Elano e Zé Roberto parecem ter dado a dinâmica necessária ao meio de campo e Moreno em boa fase escondem até o jejum de gols do encrequeiro Kléber. A vitória por 3×1 sobre o Bahia foi convicente para os gaúchos e desesperadora para os baianos.

Outro que parece ter acertado o time foi Ney Franco, em uma tarde que o time brincou de paredão contra Magrão, coube ao pequenino Ademílson achar um buraco nessa parede e marcar seu quarto gol em cinco jogos. O time ainda precisa de um jogador de meio de campo mais ágil, já o Sport precisa de mais qualidade para sobreviver esse ano.

Apesar de toda a beleza apresentada pelo Galo nesse início de campeonato, acho inevitável apontar o Fluminense como favorito, o time parece ganhar a hora que quer uma partida e Fred está impossível esse ano desde o início. O time foi para Curitiba afundar ainda mais o Coxa vencendo por 2×0.

Vasco e Corinthians repetem o mesmo jogo da Libertadores e terminam novamente no 0x0. Dessa vez, o jogo foi menos pegado e sem grandes lances. O Corinthians foi superior, mas sofre da ausência de atacante ou do esquema que faz com que eles cheguem sempre cansados na hora do arremate.

Pelo jeito o gás de Roth parece ter acabado logo dessa vez, o treinador que tem por costumes sempre arrumar a casa por onde passa, mas no finalzinho escapar os títulos, dá sinais que esse time do Cruzeiro é bem limitado. O time perdeu para a arrumada e voluntariosa Ponte Preta, o time do interior de São Paulo irá sempre roubar pontos de times que entrarem mais desligados.

Para fechar o Santos foi até o Aflitos e tomou uma sonora goleada do Timbu. O segundo tempo foi de deixar os santistas com um sentimento de preocupação com o campeonato, o time tem vários desfalques sim, mas é um elenco extremamente limitado para a disputa de um Brasileirão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s