Pitacos: Para quem não acredita na força de um mito…


Galera, ontem foi dia de acompanhar a estréia do tricolor na Sulamericana. Pela manhã, consegui ver as atuações de Brasil e Uruguai pelas Olimpíadas.

O Brasil está mostrando um ótimo jogo e ontem Neymar mostrou que aprendeu que se jogar para o time, o seu futebol irá aparecer mais ainda, não parece muito, mas a postura do time mudou, é o favorito absoluto para o ouro.

Já o Uruguai, apostou suas fichas nos atacantes Suarez e Cavani e eles não resolveram nada. A Celeste foi mal durante toda a competição e vai embora de maneira melancólica.

Vamos agora ao jogo do tricolor, o time foi para Salvador enfrentar o Bahia no famoso 3-5-2 que o levou as últimas conquistas. Mas foi Rogério Ceni que resolveu mostrar que voltou de vez, em ótima cobrança de falta o M1to marcou 1×0.

Os primeiro 25 minutos foram de amplo domínio do São Paulo e surpreendentemente com Jádson chamando o jogo para si e conduzindo as ações do time. Cortez voltou a ter boas subidas. Os sustos ficavam por conta de Rodrigo Caio e Maicon, aliás Maicon é uma péssima de Danilo, sabe jogar bola, mas as vezes parece áereo demais.

A parte final do primeiro tempo, graças a turma do susto fez o Bahia crescer e equilibrar as ações, mas nada efetivo. Já o São Paulo perdeu Luis Fabiano pela quarta vez no ano por lesão, porém nada sério. Ainda antes de acabar o tempo, Ney Franco percebendo que Rodrigo Caio ia mais uma vez ser expulso, sacou o menino e colocou João Schimdt.

O segundo tempo foi de novo do tricolor paulista, o time dominava as ações de meio de campo e as mudanças de Caio Jr, pouco surtiram efeito no time baiano.

Em uma dessas boas tramas, o tricolor afundou o Bahia com gol do pequenino Ademilson. Aliás, o menino vai mostrando porque sempre foi o artilheiro da base da seleção brasileira. Em 4 jogos, 3 gols.

O São Paulo ainda jogou a chance de ampliar o marcador e decretar a classificação mais do que garantida para a próxima fase.

No fim, o time mostra como a entrada de um personagem muda tudo. Ceni esta sendo fundamental para que os jogadores se sintam confiantes, e isso nada tem a ver com a qualidade de goleiro, já que Denis foi muito bem enquanto substituiu o ídolo.

Ceni é figura fundamental para que esses jogadores entendam a importância de jogar no São Paulo e apenas mostrarem o que sabem. Até João Felipe está jogando bem, Tóloi foi uma ótima contratação e Jadson está mais confiante. Falta duas boas peças no meio, quem sabe Wellington, Fabrício (um dia), Paulo Assunção e Denilson formem essa dupla de volante.

O time ainda tem falhas, mas ganhou brio e vontade. Já é muita coisa.

Anúncios

Uma resposta em “Pitacos: Para quem não acredita na força de um mito…

  1. Olá, Thiago! Estive visitando o seu blog e gostaria de sugerir uma parceria entre nossos sites! Sou o responsável pela versão nacional de um grande portal de resultados online de alta visitação. Por favor, visite http://www.Resultados.com e entre em contato comigo!

    Resposta do Blogueiro: Lucas, vou te enviar um email para conversarmos. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s