Pitacos: Famiglia Scolari esculpida em carrara.


Michelangelo quando fazia a estátua de Davi dizia que não era ele que desenhava a escultura ele apenas retirava os excessos, pois ela já estava lá.

Felipão é quase um Michelângelo nessa saga do Palmeiras. Ele pegou um elenco dentro daquilo que ele conseguiu trazer. Sim, esses jogadores foram escolhidos por ele, podiam ser a quarta opção que ele havia dado, mas ele sabia as qualidades e principalmente suas limitações.

E assim foi o Palmeiras, um time que todos sabem de suas limitações, mas que Felipão soube tirar aquilo que não prestava no grupo e criar uma bela escultura.

Soube tornar Marcos Assunção peça fundamental do time. Nunca os adversários temeram tanto fazer falta em um adversário. Assunção tem um aproveitamento espetacular, foi decisivo durante toda a Copa, assim como na final, quando nas duas partidas suas cobranças fizeram o time marcar um gol em cada.

O treinador também soube aproveitar toda a inteligência de Henrique para avançá-lo a função de volante nos quatro jogos finais e ganhar saída de bola e liderança mais centralizada no time.

Soube bater o pé para ter Barcos e ver o pirata ser decisivo e um ótimo atacante para usar a 09 do Palmeiras.

Soube dar um passo para atrás e sentar para conversar com seu melhor jogador e principalmente se sensibilizar com o que aconteceu a ele. Assim, Valdivia voltou, voltou a jogar com alegria e resolver jogos. Ele foi fundamental contra Grêmio e na primeira partida contra o Coritiba.

E lógico que em toda conquista palmeirense, personagens pitorescos aparecem, se Oséas já fez um gol sem ângulo na conquista de 98 da mesma taça, se já existiu Tonhão, Junior Tuché, porque não Betinho.

Porque não reservar a ele o gol do título. Um jogador que tem um contrato de apenas três meses, e que nitidamente mostrou ser um jogador bem limitado. Mas foi ele que sofreu o pênalti na partida de ida e foi ele que fez o gol. Ganhou um contrato com o Palmeiras e virará um talismã.

E só para encerrar, o time resolveu responder a conquista rival da semana passada. Repetiu os mesmos placares na final (2×0 em casa e 1×1 fora) e também foi campeão invicto.

Parabéns ao Palmeiras que além do título invicto, se tornou a equipe com o maior número de títulos nacionais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s