Já não somos o “país do futebol”!!


Galera do blog, como todos sabem eu tenho uma certa preguiça de falar da seleção. Uma desmotivação mesmo em falar de um apanhado de jogadores, mal organizado por um técnico que nunca soube escolher jogadores, apenas trabalhar como as melhores peças disponíveis.

Tanto que para quem convive comigo, sabia que essa derrota para o México era mais certa do que a derrota para a Argentina.

O time mexicano está “redondo” a anos e tem sido uma pedra no caminho do Brasil.

Contudo, ao ver o VT do jogo da Argentina, percebi que a vida não será fácil contra os hermanos. O técnico Scabella enfim colocou Messi onde ele gosta de jogar. E o argentino passeou no sábado contra o Equador.

Pensando nisso, comecei a olhar como o Brasil está para a Copa e como estão seus principais rivais. É triste, mas o Brasil está atrás de pelo menos 8 equipes.

Na América do Sul, Argentina e Uruguai estão a frente. O Uruguai tem um time pronto e entrosado desde o final da copa passada, a dúvida é se o time chegará experiente ou velho para a Copa. Nossos hermanos, encontraram o padrão de jogo, onde Messi poderá fazer a diferença, apesar de algumas necessidades individuais, o esquema é mais nítido, sem falar do arsenal de jogadores do meio para frente que a Argentina possui.

Na Europa, Alemanha e Espanha são os times a serem temidos. A Espanha por ser a atual campeã e o time com estilo de jogo mais próximo do Barcelona, já a Alemanha é para mim, a melhor seleção do mundo no momento. Os alemães conseguiram encontrar um time que possui a tradicional característica alemã, com talentos individuais, Gotze, Muller e Schweinsteiger são jogadores de raro talento.

Holanda e Inglaterra vem logo na sequência, são times com um elenco talentoso que jogam juntos a alguns anos e estão em condição superior a brasileira.

Itália, França e Portugal são outras seleções que estão um passo a frente da brasileira. Aliás, fiquem de olhos atentos a França nessa Eurocopa não estranhem se ela faturar o caneco.

Em resumo, o Brasil precisa melhorar muito para almejar algo nessa Copa e é por isso que bate uma preguiça em mim sobre a seleção. Não vejo um real planejamento que busque a formação de um time.

Nosso treinador continua com dúvida no principal setor de um time de futebol, o meio de campo. O esquema definido foi o 4-3-3 ou 4-2-3-1 dependendo da situação, nesses dois cenários, a dúvida principal paira sobre a dupla de volantes.

A válvula de escape do time, aqueles que conduzem a bola da defesa para o ataque não são unanimidade. Sandro e Rômulo estão abaixo de Ralf, Arouca, Ramires e Luiz Gustavo.

Mano diz que o time precisa de tempo para entrosar, eu digo que o Brasil precisa de qualidade e inteligência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s