Pitacos: São Paulo 4×0 Botafogo-SP


Galera do blog voltamos a ativa. Enfim futebol!!

Ontem acompanhei ao jogo do meu tricolor contra o Botafogo-SP, vitória fácil por 4×0. Rhodolfo, Cícero, Edson Silva e Marcio (contra) foram os autores dos tentos.

Era a primeira aparição do novo São Paulo, ainda sem poder contar com Ceni, Paulo Miranda, Fabricio e Jadson. O time veio a campo com Denis no gol, Piris, Rhodolfo Edson Silva e Cortês fazendo a linha defensiva. Wellington, Denilson, Cicero e Lucas formando o meio de campo e Fernandinho e Luis Fabiano no ataque.

Não pretendo fazer uma grande análise da partida, até porque o time de Ribeirão Preto mostrou-se muito fraco e sem nenhum poder de combate aos grandes. São grandes as chances do time ir para a segunda divisão do paulista.

Voltando ao time são paulino, na frente gostei da atuação de Fernandinho e Luis Fabiano. O camisa 9 foi muito bem marcado, mas soube se movimentar para abrir espaços para os avanços dos demais jogadores. Fernandinho teve uma atuação acima da sua média e fez ótima assistência para Cícero no segundo gol.

No meio de campo, Wellington foi o melhor, atuando com o mesmo vigor físico que o fez subir para o time principal. O jogador lembrou os tempos de Mineiro e foi o cão de guarda na frente da defesa e ainda se arriscou com boas subidas ao ataque. Lucas também foi bem, mas exagerou um pouco em algumas jogadas, optou pelo drible ao invés do passe. Cícero também foi bem. Denilson parece fadado a não renovar, o jogador teve atuação razoável, porém mais uma vez levou um cartão completamente desnecessário. Contra o Botafogo-SP passa batido, mas nos clássicos quase sempre vira expulsão.

Na defesa, apesar de ter sido contra o Botafogo, foi o setor que mais gostei. Piris e Cortês foram muito bem no apoio e mostraram vigor físico para voltar para compor a defesa. Cortês teve boa atuação, mas ainda precisa ser testado em alguns jogos mais complicados para se ter certeza. Parece estar definido a dupla de zaga, com essa formação, Rhodolfo pode atuar onde rende mais, pela direita. Enquanto, Edson Silva mostrou que não sentiu o peso da camisa. Jogou sério, deu bico quando precisava, mas mostrou que também sabe tocar de lado e sair jogando. No meu ponto de vista pelo jogo todo, Edson foi minha grata surpresa.

Lógico que o time ainda está em formação e o teste de ontem não serviu muito como parâmetro. Fabricio deve assumir o lugar de Denilson, resta saber como Leão fará com a entrada de Jadson, já que o time perderá poder de marcação.

O São Paulo começa o ano bem, para efetivar essa melhora somente no primeiro clássico do ano para ter certeza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s