Pitacos: São Paulo 1×2 Flamengo


Galera do blog, ontem eu acompanhei São Paulo 1×2 Flamengo, gols de Dagoberto pelo mandante e Thiago Neves e Renato pelo visitante. Um jogo bem movimentado, com expulsões e emoção até o final do jogo.

O São Paulo veio a campo com uma formação um pouco mais ofensiva do que o habitual, já que optou por um meia de verdade, além da dupla de ataque, Dagoberto e Luis Fabiano,

O Flamengo veio a campo apenas desfalcado de Leonardo Moura na direita, mas com seu quarteto titular.

O São Paulo começou dominando as ações do jogo e em busca do gol, porém esbarrava na forte marcação rubro-negra e na incapacidade do time mandante em atacar pelas laterais. Primeiro pela ineficiência de Wellington e Juan, segundo porque ninguém se apresenta para tabelar com os laterais.

Dessa forma, o jogo fica amarrado no primeiro tempo. As melhores chances surgiram em bola parada ou nos descuidos do Flamengo na marcação. Foi assim que Cícero apareceu na primeira oportunidade pelo São Paulo, ou na única bola que Luis Fabiano dominou livre para chutar cruzado, ou ainda, na bola parada com Rogério Ceni.

O Flamengo assustou apenas no final da primeira etapa com Thiago Neves, mas Ceni apareceu para fazer grande defesa, essa seria só a primeira dele nessa partida. Assim, acabava o primeiro tempo.

Veio o segundo tempo e o São Paulo tratou de resolver tudo nos minutos iniciais, deixou o jogo aberto e partiu para cima com tudo do Flamengo. Criou duas boas oportunidades, mas aos 9 minutos o panorama mudou. Lucas recebeu merecidamente o segundo amarelo e deixou o São Paulo com um a menos e sem nenhuma criação.

Para piorar, o Flamengo começou a pressionar e não adiantou Ceni fazer três milagres seguidos, na quarta tentativa, Thiago Neves subiu sozinho e abriu o marcador para o Flamengo.

O Flamengo continuou melhor, mas aí foi a vez de Willians dar sobrevida ao tricolor paulista em um lance bobo, o volante rubro-negro exagerou, fez falta dura e recebeu o segundo amarelo.

Aí, foi a vez do São Paulo buscar o empate. Foi quanto Dagoberto apareceu mais uma vez no ano, em jogada individual, o atacante são paulino fez um golaço para empatar a partida.

O São Paulo cresceu e com o apoio da torcida buscava a virada, porém em um lance despretensioso, o Flamengo empatou a partida. Renato Abreu chutou de longe, Carlinhos desviou a bola e matou Ceni, era a vitória rubro-negra.
Por tudo que as duas equipes produziram, o empate seria mais justo.

De qualquer forma, e depois vendo os demais resultados, não dá para esperar muita coisa deste Brasileirão, os dois times continuam na briga pelo título. Para o Flamengo, basta repetir a atuação de ontem, para o São Paulo basta manter sua performance fora de casa e melhorar a sua dentro de casa.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 2 FLAMENGO
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/Hora: 02/10/2011 – 16h

Árbitro: Fabrício Neves Correia (RS)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Júlio César Rodrigues Santos (RS)
Público total e renda: 63.871 pessoas/ R$2.647.330,00

Cartões amarelos: Lucas, Wellington, Dagoberto (SPO); Aírton, Willians (FLA)
Cartões vermelhos: Lucas, 9’/1ºT (SPO); Willians, 24’/2ºT (FLA)

GOLS: Thiago Neves, 18’/2ºT (0-1); Dagoberto, 33’/2ºT (1-1); Renato Abreu 39’/2ºT (1-2)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Wellington, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Casemiro (Henrique, 13’/2ºT), Denilson, Cícero (Rivaldo, 25’/2ºT) e Lucas; Dagoberto e Luis Fabiano (Carlinhos, 14’/2ºT). Técnico: Adilson Batista

FLAMENGO: Felipe, Rafael Galhardo, Alex Silva, Welinton, e Junior Cesar (Maldonado, 24’/2ºT); Aírton (Diego Maurício, 11’/2ºT), Willians, Renato e Thiago Neves (Fierro, 29’/2ºT); Ronaldinho Gaúcho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Anúncios

Uma resposta em “Pitacos: São Paulo 1×2 Flamengo

  1. Eu, como um marido dedicado e muito apaixonado, fui ao Morumbi ontem levar minha esposa para ver o tal jogo.
    Até o apito inicial, pensei que a chuva fosse o que pior poderia acontecer naquela tarde de domingo. Não que o jogo tenha sido ruim, mas ao ver o Adilson à beira do campo, me fez voltar ao trágico começo de 2011.

    Eu, na condição de mero espectador do classico,pude ver que o Adilson entende de muitas coisas, menos de mkt e futebol.

    O São Paulo foi bem no jogo, estava arriscando apostando no Luis Fabiano – aliás, a torcida torceu mais por ele do que para o clube – dagoberto jogando bem, Lucas com momentos de habilidade, Rogerio Ceni salvando tudo no gol, pelo Flamengo, o Felipe muito bem no jogo, Thiago Neves tb jogou muito bem, e o primeiro tempo se foi com bolas na trave, defesas importantes, bons momentos de emoção.

    Vem o segundo tempo e com ele a expulsão do Lucas. Aí o mestre Adilson tira justamente a pessoa que levou 63 mil e tantas pessoas ao morumbi numa chuvosa tarde de domingo – coisa rara no futebol atual, principalmente se tratando de SPFC.

    O muito bem ensaiado coro: “Ei Adilson vai tomar no C#$%$”, mostrou a maestria do gênio ao tirar um atacante que estava segurando a zaga, puxando marcação, dando espaço para o Lucas e Dagoberto jogarem. E como pra ele deve ser uma aberração o time jogar na frente, coloca o raçudo, marcador, polivalente Carlinhos Paraiba. Que entrou bem,é verdade, mas pq tirar o astro da tarde e não o Juan? Esse cara pouco fez no jogo e merecia a substituição. O lance do gol contra foi uma fatalidade, mas pq não tentar o Rivaldo? Lembro que nessa altura do jogo o São Paulo tinha maior volume de jogo, atacava bastante, o time precisava de calma e inteligência.

    Depois de ver a nhaca que fez, tentou com Henrique, pensando que um raio pudesse cair duas vezes no mesmo lugar. Ledo engano. Mas fez bem para o time. Mas ainda pergunto,pq ele tirou o Luis Fabiano e, na mesma pergunta,pq ainda não colocou o RIvaldo?

    Depois disso o que viesse, viria de bom grado, menos o gol da virada numa fatalidade e infelicidade do Carlinhos Paraíba.

    Ainda falando sobre o guru do futebol e somando minha nostalgia amarga, é impressionante a falta de capacidade de não saber criar jogadas. É só bola alçada, seja em cruzamento tipo chuveirinho, seja em lançamento do meio de campo para a enreada da área.

    Com esse não esquema de jogo e com essas atitudes medíocre do tecnico, ainda tendo em vista Palmeiras e Santos nas duas últimas rodadas,acho difícil o São Paulo conseguir algo que não seja uma suada vaga para a Libertadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s