Corinthians 0x0 Santos


Galera do blog, ontem acompanhei o jogo do Corinthians contra o santos que terminou 0x0. Eu acho que o resultado foi construído por causa do nervosismo inicial dos dois times, pelo azar santista e pela falta de inteligência do treinador corintiano.

Nervosismo inicial que tomou conta do jogo no início da partida, os dois times pareciam que duelavam pelo território chamado meio de campo, criar jogadas de gol era um detalhe, o importante era ganhar na força física o meio de campo. Dessa forma, o início do jogo foi truncado, com muita briga no meio de campo e pouco futebol. Pelo Corinthians nada de diferente, apenas a sensação de que Dentinho e Jorge Henrique ficaram pelo caminho, ambos ainda não “atuaram” em 2011. Já pelo Santos, um pouquinho do “Muricysmo” já começa a aparecer, o time santista já joga de forma mais compacta na defesa, o time não toma tanto susto e conta com o talento de Neymar e Ganso para resolver.

E aí começou o azar santista, as duas joiás não foram bem no primeiro tempo, e para piorar Ganso saiu no intervalo com uma distensão muscular que o afasta dos gramados por cerca de 30 dias. Neymar, que não foi bem na primeira etapa, resolveu ser o cara no segundo. Toda vez que ele pegava na bola era um inferno para a defesa corintiana, mas como o dia era de “azar” em dois grandes lances do menino, a bola resolveu caprichosamente bater na trave. Pelo corinthians, ainda no primeiro era Bruno César que voltava a jogar bem e o responsável pelas principais jogadas ofensivas do alvinegro da capital. Além disso, apesar de todo o inferno que Neymar causava, a defesa corintiana voltava a jogar bem, Chicão fez boa partida e Castán fez uma partida admirável, um dos melhores em campo pelo Corinthians.

Mas, eis que surge o treinador do Corinthians para atrapalhar um pouco o time corintiano. Ao mesmo tempo que ele acertou ao colocar o “talismã” William, ele acabou com a criatividade corintiana ao tirar Bruno César e colocar Morais. Morais é um bom meia, rápido de dribles curtos e algumas jogadas verticais, mas já está claro para todos que nunca ele conseguiu carregar a responsabilidade de um meio de campo sozinho, ele é uma espécie de Ricardinho, bom meia, mas precisa jogar com outro meia ao seu lado, caso contrário seu futebol fica limitado. E foi assim que Tite acabou com as chances de vitória do Corinthians, o time fez um jogo igual com o Santos e coletivamente melhor, tinha reais chances de sair vitorioso, mas preferiu a opção menos ousada.

Bom, nada decidido, apesar da vantagem técnica e do mando de campo pertecentes ao Santos para a próxima partida, o desgaste da viagem para a Colômbia e a ausência de Ganso podem equilibrar as coisas para o Corinthians. Para o alvinegro da capital, resta torcer para o seu Adenor não atrapalhar tanto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s