Pitacos 25.04.2011

Galera do blog, juro que tentei escrever nesse feriado, a cada dia que passava o quarto com o micro ficava cada vez mais longe.

Mas, vamos lá, em compensação no fim de semana, tive tempo de sobra para assistir aos quatro jogos do Paulista, que lamentável. Apesar dos quatro grandes vencerem seus duelos e avançarem para as semi-finais, os quatro jogos foram sofrivéis na qualidade. Principalmente Corinthians e São Paulo que fizeram “joguinhos”.

Como havia previsto Ponte e Mirassol foram os adversários mais competitivos, destaque para o Mirassol que ontem mostrou ser um time muito bem montado, só excedeu no nervosismo e foi prejudicado por jogar com um homem a menos (prejudicado por si mesmo, não pelo árbitro). Kléber Gladiador pode reescrever seu post no Twiteer ” como expulsam jogadores contra os grandes de São Paulo…”.

No jogo de ontem ainda, São Paulo jogou para o gasto e venceu a Lusa por 2×0. O time parece ser outro com Lucas, não apenas pelo talento individual do menino, mas porque com ele em campo, outros jogadores parecem render mais. Único destaque positivo para mim é Henrique, o atacante vem mostrando que é importante para o esquema de Carpegiani funcionar.

No sábado, o Santos também não fez boa partida, assim como a Ponte também não soube jogar seu melhor futebol, em partes porque não pode jogar com força máxima contra o Santos. Mesmo assim, a Macaca não soube aproveitar a oportunidade que teve e mesmo com o Santos fazendo uma partida razoável, o Peixe terminou classificado.

Da mesma forma, o Corinthians que enfrentou o Oeste e evidenciou o que eu tinha dito, o Corinthians enfrentou o time mais fraco dentre os classificados. Mesmo fazendo uma partida sofrível, o alvinegro atropelou o time de Itápolis, e só não teve sorte maior, porque Bruno César estava em tarde infeliz e Fábio se mostrou um bom goleiro.

Para as semifinais, Palmeiras enfrenta o Corinthians, para mim favoritismo do alviverde, os comandados de Felipão estão mais entrosados e com tática muito bem definida. O Corinthians tem dificuldade em atacar e Felipão sabe disso, a arapuca está montada, a responsabilidade toda em mudar o panorama da partida está em Tite, se ele se considera um técnico de ponta terá que desmontar o ferrolho alviverde para chegar a final, caso contrário sucumbirá as jogadas individuais de Valdivia e a força de Kléber.

Na outra semifinal, O São Paulo enfrenta o Santos, na minha opinião o tricolor diminui o favoritismo do Peixe por jogar em casa, mas ainda sim Neymar e cia são os favoritos para sair com a vitória. Digo isso, porque Muricy pela primeira vez parece ter encontrado rapidamente o time titular do Santos, a volta de Arouca não podia ser em melhor hora. Para Carpegiani, resta tornar o time tricolor que troca passes tão bem, um pouco mais “mortal”. O time tem que criar mais chances e concluí-las, assim o tricolor poderá chegar a final.

De qualquer forma, minha aposta para a final é Palmeiras e São Paulo. E a de vocês?