Agora vai!!!

Galera do blog, não consegui ver quase nada de futebol nesse fim de semana, apenas alguns momentos do jogo do São Paulo e alguns momentos do jogo do Corinthians. Portanto, vou comentar sobre os cruzamentos da próxima fase:

São Paulo (1º) x Portuguesa (8º): O São Paulo terminou a primeira fase em primeiro e irá enfrentar a Portuguesa que se classificou com um gol no “apagar das luzes”, no roteiro original, o tricolor não terá nenhuma surpresa, a Lusinha tem um time esforçado, mas horrível tecnicamente. A única esperança para a Lusa foi essa classificação emocionante que pode dar um novo ânimo ao time. Da mesma forma, São Paulo e Santos são times com postura ofensiva e que por isso correm risco de se expor, como se trata de uma partida única, sempre fica complicado cravar alguma coisa, mas será uma enorme surpresa se a Lusa avançar.

Palmeiras (2º) x Mirassol (7º): Sinceramente, era o único time que eu queria escapar nessa fase, apesar do Mirassol ter sido batido por todos os grandes na fase de classificação, o time do técnico Ivan Baitello mostra-se o único time sem ser do G4 que possui uma boa organização tática. Sem contar que para o confronto contra o Palmeiras, o time do Mirassol consegue se armar de forma defensiva o que obrigará Felipão a colocar o Palmeiras no ataque, e aí mora o perigo, o Palmeiras se acostumou como “patinho feio” nesse início de ano, portanto podia se dar ao luxo de apenas contra atacar, contra o Mirassol o time terá que assumir o comando da partida. De qualquer forma, o Palmeiras é favorito tem tudo para seguir em frente.

Corinthians (3º) x Oeste (6º): O alvinegro pegou o confronto mais fácil na minha opinião, o Oeste é um time fraquissímo, chegou a fase de mata-mata apenas por contar com sua força em Itápolis, longe de sua terra natal é uma presa fácil. Lógico que isso não é garantia certa de vitória, até porque as surpresas existem e Tite ainda é o técnico do Corinthians, esse último item sozinho já é preocupante para a continuidade do Corinthians na competição. De qualquer forma, duvido muito que o Corinthians ficará pelo caminho.

Santos (4º) x Ponte Preta (5º): O Santos pegou o time mais tradicional do interior paulista. Também, não será jogo fácil, mas a Ponte ainda está encontrando a melhor forma tática de jogo. Hoje a Ponte é um time vulnerável, daqui três meses se manter a base será um time fortíssimo. A chance da Ponte está em conseguir definir rapidamente seu padrão de jogo, já que enfrentará 2 dos jogadores que mais desmontam esquemas táticos ultimamente, Ganso e Neymar, soma-se a isso que Muricy chegou e parece ter dado gás ao time. Muricy tem tudo para dar muito certo no Santos, pois irá agregar força defensiva nesse time que tem no DNA a ofensividade, se der equilíbrio, o Santos pode ser o bicho-papão de 2011.