Os gansos já ensinaram que um Ganso sozinho não vai a lugar algum…

Não sei se Ganso irá mesmo para o Corinthians, mas não acho impossível não. Mas algumas coisas tem que ser esclarecidas. O empresário Ronaldo tem que começar a tomar cuidado ou vai virar persona non grata em vários lugares. No caso do Adriano sua participação foi tão invasiva que Gilmar Rinaldi abandonou o jogador. Seedorf caminha da mesma forma invasiva.

Ronaldo confude o bom relacionamento que criou quando era jogador com desrespeitar hierarquias.

Voltando ao caso Ganso, acima de tudo me preocupa a exposição do jogador, seria muito mais simples uma coletiva, onde se resolvesse tudo. Mesmo que fosse para o Ganso dizer, “existe sim a possibilidade de eu me transferir para o Corinthians, porque quero ir para a Europa agora e o Santos não está facilitando.”Ponto Final, questão resolvida e barulho terminado.

De qualquer forma, acho que Ganso vai no final do ano para Milão, mais precisamente para o Milan. E acredito que continua no Santos até lá, Luis Alvaro vai ceder e remunerar o craque de forma equivalente a Neymar e permitindo que ele se transfira para Europa em Janeiro de 2012.

Aliás, aposto nesse cenário por causa da boa relação de Andrés Sanchez com Luis Alvaro, se Ganso fosse de qualquer outro clube, tinha certeza que ele estaria ni Corinthians em Maio. Hoje tenho minhas dúvidas.

No fim das contas, o maior prejudicado é o próprio Ganso que já manchou muito sua imagem. Ganso deveria olhar a famosa história do voô dos gansos, quem sabe ajude-o a rever seus últimos atos.

Entenda o Caso Ganso

1. O que foi o ‘sim’ de Ganso
Ganso não é jogador do Corinthians. Como o LANCENET! publicou nesta terça-feira, ele já acertou salários e bases com o Timão, dizendo “sim” à proposta feita por Andrés Sanchez. Isto significa que ele deu autorização à DIS para pagar a multa rescisória para que ele deixe o Santos e defenda o arquirrival a partir do Campeonato Brasileiro. Até então, ele só aceitava sair direto para a Europa.

2. Como ele faz para sair
A DIS (e possivelmente outro parceiro interessado) tem de depositar o valor da multa rescisória para o mercado nacional (R$ 59,4 milhões). Deste valor, o Santos tem direito a 45% (R$ 26,7 milhões). Por meio de ação judicial, o jogador pode pagar apenas a parte do Peixe. Ele (que detém 10% dos direitos) e a DIS (45%) podem declarar que vão abrir mão do dinheiro que lhes caberia.

3. Quais são os motivos
Ganso tem o desejo de atuar na Europa, mas o Santos pretende segurá-lo. Hoje, ele recebe R$ 130 mil mensais e só teria aumento para R$ 450 mil se renovasse o contrato e ficasse por mais tempo. No Timão, ele deve ganhar valor próximo a esses R$ 450 mil e já teria a promessa de liberação para o exterior em janeiro, para o clube que quisesse. A DIS tem interesse em lucrar o quanto antes.