Isso pode, isso não pode!!

Galera, ontem “sapeando” de blog em blog, achei um matéria no blog do Perrone que achei interessante. Clique aqui para visualizá-la na íntegra.

Em resumo, a matéria comentava sobre o Palmeiras ter negociado o seu jogo de abertura do Brasileirão contra o Botafogo em Brasília, com o intuito de arrecadar mais dinheiro.

A idéia basicamente era vender o jogo por um preço fechado e uma empresa (neste caso a BWA) assumir a renda da bilheteria. Confesso que achei interessante a idéia palmeirense, pois além de ter o dinheiro garantido, o clube ainda promove a divulgação da marca Palmeiras em outros estados, dessa forma pode conseguir mais torcedores e consequentemente mais consumidores.

Mas, como nessa vida nem sempre podemos nos dar ao luxo de aproveitar uma boa idéia, a matéria comentava que a Federação Paulista de Futebol (FPF) vetou a idéia do clube, dizendo ser inaceitável que o clube fizesse o jogo fora do estado de Sâo Paulo.

Aí, comecei a questionar a existência de uma federação. Uma federação até onde eu julgo entender, é feita para colaborar com os clubes, ser um órgão centralizador que permita ao clube se manter cada vez mais forte, e assim elevar o poder desta federação.

Tornar o clube mais forte significa de maneira administrativa, aumentar a rentabilidade do clube para que seja permitido um maior investimento no mesmo a cada ano.

Contudo, as federações parecem preferir a “politicagem”, aliás algo comum no feudo do futebol brasileiro. Sinceramente, a sensação que fica é que precisamos que mais clubes despertem deste sono profundo e se libertem dessas amarras, alguém precisa avisar para os Teixeiras e Del Neros da vida que o clube é a entidade mais importantes da sua federação e não a federação.

E olha que tem dirigente de clube grande mais preocupado em ser o novo dono desse feudo do que construir algo decente para o clube que ele diz amar tanto.

Anúncios

Pitacos: Santos 1×0 América-MEX

Galera do blog ontem acompanhei ao jogo do Santos contra o América do México. O Santos venceu por 1×0 gol de Ganso, o resultado foi magro diante do que foi o jogo e o Santos terá que jogar pensando na vitória no México, pois o resultado conquistado na Vila foi “magro”.

O Santos veio a campo com a formação “ideal” de Muricy, em compensação os mexicanos pouparam alguns titulares, pois estão em fase decisiva no campeonato mexicano. Dessa forma, o América veio a campo com a proposta exclusiva de se defender e tentar levar o menor número de gols possível, para depois tentar reverter o resultado em casa. Vendo por este lado, o América conseguiu seu objetivo ontem.

O jogo foi quase um defesa contra ataque, o primeiro tempo começou com o jogo amarrado, o Santos tinha a posse de bola, mas não conseguia criar reais oportunidades, pois esbarrava na retranca mexicana, demorou para a turma de Neymar conseguir assustar, aliás foi graças a ele que o Santos criou a primeira e única boa chance do jogo. Em boa jogada pela esquerda Neymar levou seus marcadores e tocou para Ganso acertar um belo chute e aproveitar a única real oportunidade do jogo. Basicamente, essa foi a única oportunidade real no primeiro tempo, oportunidade que colocava o Santos na vantagem do marcador.

Com a vantagem no marcador, a expectativa era que os mexicanos tentassem partir mais para o ataque no segundo tempo. Veio o segundo tempo e a partida ficou um pouco mais equilibrada, muito mais pela queda de rendimento do time santista do que pelos mexicanos. O América conseguia chegar mais próximo ao gol santista, mas sem levar perigo, em compensação, o Santos conseguia pegar a defesa mexicana um pouco mais desorganizada, mesmo assim as chances não surgiam. O jogo ficou maçante e aí foi a vez de Larrionda aparecer, o juizão uruguaio manteve a sua fama de tentar levar o jogo “na boa”, então os mexicanos liderados por Layun começaram a caçar Neymar em campo, demorou para o juiz tirar o volante do jogo.

O mais engraçado é que no início da partida comentei com um amigo, “Putz, o Larrionda vai apitar jogo do Santos, coitado do Neymar, pode ter certeza, no segundo tempo ele apanha, e o juizão vai querer conversar com ele… ao invés de expulsar os caras..”. Dito e feito.

Em resumo, o Santos tem a vantagem, mas ela é mínima, o time terá que jogar no México para vencer, o Peixe é muito superior tecnicamente ao time mexicano, mas tem que fazer valer a sua superioridade.

Apenas um comentário fora desse jogo, que fase do Cruzeiro, hein!! Na verdade, que time! Pelo que li, o time não fez grande partida, mas ainda sim conseguiu ótimo resultado contra o “insuportável” Once Caldas. E mais que não dá pra deixar passar, que monstro é o Messi, o cara joga de maneira tão simples, que parece fácil fazer golaço. Craque! Fora de série!

Começou as batalhas na América!!

Galera do blog, ontem começou o mata mata da Libertadores e já com dois resultados surpreendentes.

Primeiro, o Grêmio que perdeu em casa para a Universidad Católica. O time chileno é bom e já seria um páreo duro, e para piorar o tricolor gaúcho fez uma péssima partida. Renato Gaucho terá que se mexer no brio dos jogadores para conseguir reverter o resultado. Ao meu ver, ficou muito difícil para o Grêmio e que sirva de lição para os outros brasileiros.

Segundo, a vitória elástica do Velez sobre a LDU, o time argentino tinha totais condições de ganhar em seus domínios, mas não imaginava que seria com uma vantagem tão forte. Apostava minhas fichas no time equatoriano, exatamente pela força do time em Quito e devido ao Velez estar longe de ser um time perigoso.

Contudo, os primeiros jogos começaram surpreendentes ao meu ver. Seguindo com os que ainda virão:

Cruzeiro x Once Caldas: Apesar de todo o favoritismo do Cruzeiro, o time deve tomar muito cuidado hoje em Manizales, o time colombiano está repetindo a mesma tática que o levou ao título em 2004. Não conta com jogadores velozes como daquela edição, mas não pode-se vacilar. É um time que fez poucos gols e tomou menos ainda. Acredito em um empate hoje e vitória no Mineirão por goleada da Raposa.

Santos x América: Toda vez que vamos fazer uma análise do Santos, caimos na vala comum da imprevisibilidade de Neymar. É difícil fazer qualquer prognóstico com ele em campo, pois ele pode destruir uma partida tanto a favor como contra o seu time. Contudo, acredito que o Santos passa com duas vitórias, mas destaco que o time mexicano é muito chato.

Internacional x Penarol: Os comandados de Falcão terão ao meu ver o confronto mais fácil entre os brasileiros, estão enfrentando um time que está jogando apenas com a camisa e faz tempo. O tradicional time uruguaio não consegue montar uma boa equipe há um bom tempo, tem a força da sua torcida quando joga em casa, mas contra um time também tradicional como o Colorado isso não bastará. Acredito que o Inter vença os dois jogos.

Fluminense x Libertad: O tricolor carioca pegou um confronto favorável a ele, o time paraguaio é um bom time, mas tem fama de ficar pelo caminho. Na qualidade, o time paraguaio é levemente superior, mas se o Fluminense colocar a garra dos últimos jogos de novo em campo, Fred levará o time às quartas. Acredito que cada time vencerá sua partida em casa, mas na soma o Fluminense passará com um gol de vantagem.

Além dos confrontos com times brasileiros ainda restam:

Jaguares x Junior Barranquila: Para mim, o time colombiano pegou o adversário mais fácil dessas oitavas, o Jaguares é um time limitadissímo, o time mexicano passou de fase por “falta de opção” no grupo do Inter, a disputa com Jorge Wilstermann e Emelec foi “árdua”. O Junior vence as duas partidas, sendo que na Colômbia é garantia de goleada.

Estudiantes x Cerro Porteno: Junto com o confronto do Grêmio, esse é o confronto mais equilibrado das oitavas, difícil arriscar algum palpite. O time paraguaio possui um bom time e enfrenta um “velho” Estudiantes, digo isso porque a base vencedora da Libertadores é praticamente a mesma, mas acrescida de dois anos na bagagem. Acredito em vitória dos mandantes e uma possível decisão nos pênaltis, mas acredito que o time argentino siga para a próxima fase.

De qualquer forma, Universidad Católica e o vencedor deste último confronto são os únicos times que podem evitar que a conquista seja verde amarela em 2011. E vocês o que acham?

Defenda seus palpites!!

Galera, hoje é o dia do Goleiro, aquele que sempre paga o pato quando o time perde. Meus parabéns especiais para Ceni e Marcos, os Goleiros. Além disso, hoje faz 25 anos que aconteceu o terrível acidente nuclear em Chernobyl. Confira o resultado da rodada.

01º Thiaguinho – 180 pts
02º André Russo – 165 pts
03º Cadê Meu Camisa 10? – 130 pts
04º Jorge / Rodrigo – 120 pts
05º Wallace – 105 pts
06º Wagner – 60 pts

O mês de abril continua embolado, mas André Russo assume a liderança isolada com 515 pontos. Na classificação geral, segue:
01º Jorge – 1760 pts
02º Rodrigo – 1640 pts
03º Thiaguinho – 1615 pts

Clique aqui para conferir os resultados do post anterior.

Seguem os jogos a serem palpitados:
Quarta, 27 de Abril de 2011
15h45 Real Madrid 0x2 Barcelona – Champions League
21h50 Once Caldas(COL) 1×2 Cruzeiro – Libertadores
21h50 Santos 1×0 América(MEX) – Libertadores
21h50 São Paulo 1×0 Goiás – Copa do Brasil
21h50 Horizonte 0x3 Flamengo – Copa do Brasil
21h50 Vasco 0x0 Naútico – Copa do Brasil

Quinta, 28 de Abril de 2011
19h50 Penarol(URU) 1×1 Internacional – Libertadores
21h50 Fluminense 3×1 Libertad(PAR) – Libertadores

Sábado, 30 de Abril de 2011
18h30 São Paulo 0x2 Santos – Paulistão

Domingo, 01 de Maio de 2011
10h00 Arsenal 1×0 Manchester United – Inglês
14h00 Lazio 0x1 Juventus – Italiano
16h00 Palmeiras 1×1 Corinthians – Paulistão
16h00 Internacional 1×1 Grêmio – Gaúcho
16h00 Vasco 0x0 Flamengo – Carioca
21h00 Chivas 2×3 Monterrey – Mexicano

Pitacos 25.04.2011

Galera do blog, juro que tentei escrever nesse feriado, a cada dia que passava o quarto com o micro ficava cada vez mais longe.

Mas, vamos lá, em compensação no fim de semana, tive tempo de sobra para assistir aos quatro jogos do Paulista, que lamentável. Apesar dos quatro grandes vencerem seus duelos e avançarem para as semi-finais, os quatro jogos foram sofrivéis na qualidade. Principalmente Corinthians e São Paulo que fizeram “joguinhos”.

Como havia previsto Ponte e Mirassol foram os adversários mais competitivos, destaque para o Mirassol que ontem mostrou ser um time muito bem montado, só excedeu no nervosismo e foi prejudicado por jogar com um homem a menos (prejudicado por si mesmo, não pelo árbitro). Kléber Gladiador pode reescrever seu post no Twiteer ” como expulsam jogadores contra os grandes de São Paulo…”.

No jogo de ontem ainda, São Paulo jogou para o gasto e venceu a Lusa por 2×0. O time parece ser outro com Lucas, não apenas pelo talento individual do menino, mas porque com ele em campo, outros jogadores parecem render mais. Único destaque positivo para mim é Henrique, o atacante vem mostrando que é importante para o esquema de Carpegiani funcionar.

No sábado, o Santos também não fez boa partida, assim como a Ponte também não soube jogar seu melhor futebol, em partes porque não pode jogar com força máxima contra o Santos. Mesmo assim, a Macaca não soube aproveitar a oportunidade que teve e mesmo com o Santos fazendo uma partida razoável, o Peixe terminou classificado.

Da mesma forma, o Corinthians que enfrentou o Oeste e evidenciou o que eu tinha dito, o Corinthians enfrentou o time mais fraco dentre os classificados. Mesmo fazendo uma partida sofrível, o alvinegro atropelou o time de Itápolis, e só não teve sorte maior, porque Bruno César estava em tarde infeliz e Fábio se mostrou um bom goleiro.

Para as semifinais, Palmeiras enfrenta o Corinthians, para mim favoritismo do alviverde, os comandados de Felipão estão mais entrosados e com tática muito bem definida. O Corinthians tem dificuldade em atacar e Felipão sabe disso, a arapuca está montada, a responsabilidade toda em mudar o panorama da partida está em Tite, se ele se considera um técnico de ponta terá que desmontar o ferrolho alviverde para chegar a final, caso contrário sucumbirá as jogadas individuais de Valdivia e a força de Kléber.

Na outra semifinal, O São Paulo enfrenta o Santos, na minha opinião o tricolor diminui o favoritismo do Peixe por jogar em casa, mas ainda sim Neymar e cia são os favoritos para sair com a vitória. Digo isso, porque Muricy pela primeira vez parece ter encontrado rapidamente o time titular do Santos, a volta de Arouca não podia ser em melhor hora. Para Carpegiani, resta tornar o time tricolor que troca passes tão bem, um pouco mais “mortal”. O time tem que criar mais chances e concluí-las, assim o tricolor poderá chegar a final.

De qualquer forma, minha aposta para a final é Palmeiras e São Paulo. E a de vocês?

O sonhado relatório para a Fifa – retirado do blog do Juca

Gente, como hoje é quase uma sexta, vou republicar um post do blog do genial Juca Kfouri, o post foi feito por Rafa Klein. Confiram. De qualquer jeito quinta e sexta terão post também.

Por RAFA KLEIN*

Tive um sonho esquisito.

Sonhei que o Joseph Blatter me ligava para falar da Copa de 2014 (eu preferia que fosse a Gisele Büdchen, mas fazer o quê, não dá para manda nos sonhos da gente).

Ele me cobrava uma resposta final sobre estádios e projetos de melhorias das cidades-sede.

Sem saber o que falar, argumentei que faltavam ainda três anos para 2014, que temos muito tempo, e todas essas coisas que diz quem está atrasado nas suas obrigações.

Ele respondeu aos berros: “2014 é amanhã. E vocês, brasileiros, deixam tudo para depois de amanhã.”

Diante da bronca, fiz um relatório tentando mostrar ao Zé Blatter que está tudo bem e que a Copa aqui vai ser um sucesso:

Expliquei que o Rio está bem avançado, com 3 estádios prontos: o Engenhão, o de Volta Redonda e o de Macaé.

Como o Engenhão não caiu nas graças do torcedor, eu sugeri fazer a abertura em Macaé, evitando a Linha Vermelha, que é tranquila, mas sofre eventualmente de congestionamento de arrastões.

O problema da mobilidade urbana de São Paulo já estaria resolvido, porque em 2014 todos andarão a pé, queiram ou não.

Estádio também não é problema.

O Fielzão já está pronto no computador e, ainda assim, argumentei que se os jogos forem realizados no terreno como está, vai caber muito mais gente do que em no estádio depois de construído.

Uma inovação que só uma Copa no Brasil poderia trazer.

No Rio Grande do Sul, tem o estádio do Inter em fase avançada de reformas, mas como não gostamos de nada fácil, devemos realizar os jogos no ainda não existente estádio do Grêmio.

O Rio Grande do Norte tem problemas, é verdade, mas temos um plano B que é usar o estádio do Inter como base.

A distância não será problema, é tudo Rio Grande mesmo.

Em Salvador tem o maior metrô do mundo, tanto que levou mais de 20 anos para ficar pronto desde que começou a ser construído.

E, convenhamos, o que é que tem funcionar apenas 4 km durante a Copa se ele é o maior do mundo?

E disse mais.

Que o estádio de Recife não vai ter dono, mas vai ser absolutamente viável.

Que em Brasília o estádio é adequado, sim, aos tamanhos dos times locais que são Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo.

E que 30% dos aeroportos utilizados na Copa estarão operando dentro da capacidade, o que é um crescimento de 30% em relação ao que a gente tem hoje.

Enfim, não temos com o que nos preocupar.

Depois da explicação ele desligou o telefone berrando de felicidade.

Acordei e agradeci por não ter que falar com o Blatter novamente ao telefone.

Ele grita muito. Horas depois, li nos jornais que ele andou a elogiar a preparação do Brasil para a Copa de 2014.

De duas, uma: ou tudo era verdade e eu mandei muito bem nas minhas explicações, ou ainda estou sonhando.

*Rafael Klein Pedroso é publicitário.

por Juca Kfouri às 10:00