Jogos de Quarta!!

Ontem não consegui acompanhar o jogo do meu time do coração, então resolv assistir a Vitória x Atlético-MG no Barradão e Santos x Guarani na Vila. Após os jogos, digo aos meus amigos santistas, principalmente o Rafa London, que pediram tanto que eu assistisse ao jogos do alvinegro praiano que para o bem do futebol, prefiro ver apenas os VT’s, não dei muita sorte para o time. Vamos a eles:

Vitória 4 x 3 Atlético-MG: O bom jogo, onde os dois times abriram mão de defender e pensaram exclusivamente no ataque. Schwenck e Ricardinho foram os nomes da partida, mas Evandro roubou a cena no final.

Durante o primeiro tempo, o Galo começou melhor, dominava as ações do jogo, mas insistia muito no jogo com Tardelli, único jogador que foi realmente marcado nesta partida. O Vitória tinha em Nino seu único desafogo, e foi em uma jogada casual onde Nino apareceu livre na direita, que o jogador cruzou forte e Schwenck anotou seu primeiro gol na partida. O jogo continuou aberto e em um lançamento primoroso de Ricardinho, Muriqui completou tão bem quanto e anotou um bonito gol para o time mineiro. Antes de acabar o primeiro tempo, o Vitória encontrou outro gol, Egídio cruzou e Schwenck só teve o trabalho de empurrar para as redes. O primeiro tempo terminava 2×1 Vitória.

Veio o segundo tempo, e junto dele o mesmo ímpeto ofensivo dos times, porém logo aos 10 minutos do segundo tempo, em um lance bobo Nino recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. A expulsão foi o lance que o Galo precisava para acuar o time baiano, de tanto tentar aos 22, Ricardinho de bola parada anotou um belo gol para empatar a partida. Era o momento para o Atlético apertar e conseguir fazer o resultado fora de casa, mas Marcelo resolveu aparecer e ser vilão do time mineiro, em uma falha bizonha do goleiro atleticano, a bola sobrou para Schwenck anotar seu terceiro gol na partida.

O Galo ainda teve poder de reação, conseguiu empatar a partida com Tardelli, foi quando apareceu Evandro, o jogador récem chegado ao Vitória vindo do Atlético-MG, entrou na partida e quase no final dela marcou o tento da vitória.

Santos 3 x 1 Guarani: Ia começar a ver o do Corinthians, quando lembrei que estava passando o do Santos, resolvi assistir, antes que meus leitores santistas reclamassem que perdi outra oportunidade de ver o time jogar, contudo parece que botei olho gordo no time, a molecada não rendeu.

No começo do jogo, o Santos parecia que seria o Santos de 2010, partiu para cima de forma agressiva e logo aos dois minutos, Ganso deu um passe magistral para Neymar o atacante cortou o zagueiro e bateu, a bola saiu fraca, mas o desvio do beque foi o suficiente para enganar o goleiro. O cenário era propicio para outra goleada santista, mas o time parou, não produzia mais nada durante o primeiro tempo, na verdade Mazolla resolveu atormentar a defesa santista, o atacante tentou várias investidas. O Bugre passou a dominar as ações e conseguiu o empate aos 37, com o veterano Baiano em cobrança de falta. E assim terminou a primeira etapa.

Quem achava que Dorival conseguiria mexer com o brio dos meninos no intervalo, se frustou. O time continuou apático e com o Guarani tomando conta, porém o time não conseguia converter esse domínio em gol. Apenas aos 41 minutos da segunda etapa, que o time santista pareceu ter despertado do sono profundo, em duas boas jogadas pelas laterais, Marcel e André marcaram para o time santista que terminou com uma vitória que não refletiu o que foi o jogo.

Anúncios