Descobrindo a América!

As quartas de final foram definidas. Novamente teremos um confronto nacional. Vejam como ficou e as minhas considerações:

Universidad do Chile(CHI) x Flamengo: O Flamengo conseguiu uma classificação de respeito ao eliminar o Corinthians que era o time com melhor campanha, além disso o time mostrou uma postura excelente dentro de campo, mostra ser um time que entendeu o espírito de Libertadores. Do outro lado, um velho conhecido do próprio Flamengo, o time chileno fazia parte do grupo do rubro-nrgro. O Universidad mostrou ser um time inconveniente fora de casa, mas muito fraco em seus domínios. Se o Flamengo fizer valer a vantagem no Maracanã, não terá nenhum problema para se classificar. Portanto, aposto que o Flamengo segue vivo na competição.

Chivas(MEX) x Libertad(PAR): O time mexicano mostrou que possui um bom time, que poderá dar muito trabalho, eliminou o forte Vélez com um contudente 3×0 no México. O time tem um bom toque de bola e uma eficiência ímpar no ataque, praticamente o time só chuta quando tem certeza de que fará o gol. Do outro lado, o Libertad, o time paraguaio vem se tornando a única força paraguais nas competições, o time tem aparecido constantemente nas fase finais das últimas competições. Mesmo com essa constância, acredito no time mexicano, para mim o Chivas segue vivo na competição.

São Paulo x Cruzeiro: Mais um confronto nacional, o São Paulo que passou no sufoco pelo fraco Universitario (PER) enfrenta o Cruzeiro que atropelou o Nacional do Uruguai, no placar agregado ficou 6×1 para a raposa. Logicamente, que por se tratar de um confronto nacional, o equilíbrio deve fazer parte do duelo, mas a Raposa é a favorita por estar com o time mais equilibrado e em ótima fase. Thiago Ribeiro está no seu melhor momento, assim como Marquinhos Paraná e Gilberto que dominam os espaos do meio campo como poucos. Para o São Paulo resta apelar para a tradição na competição e torcer para que o time resolva despertar do sono profundo.

Estudiantes(ARG) x Internacional: Grande confronto, o último campeão da competição contra o último campeão brasileiro desta competição. Um confronto sem favoritos, uma coisa que me agradou muito ontem foi a postura de D’Alessandro no Inter, o meia argentino parece querer voltar a ser o velho D’Alessandro, o que para o Inter seria fundamental para avançar na competição. Assim como do outro lado, a atuação do cérebro do time Verón é fundamental, La Brujita é quem dá o tom do time, com ele querendo o jogo fica complicado para o adversário. Sem favorito, aposto levemente no Inter.

Anúncios