Quando a Política vem antes do Futebol…

fonte: uolesporte.com.br

Galera do blog é impressionante como alguns meios de comunicação são facilmente manipulados por questões políticas, como eles esquecem o motivo de existirem e jogam no lixo tudo que foi conseguido de liberdade de expressão nos últimos anos. O jornal Estado de São Paulo, publicou que o Morumbi está fora da Copa 2014 e que um “Plano B” já teria sido enviado a entidade máxima do futebol. Reportagem essa que foi totalmente desmentida, tanto pela Fifa quanto pela prefeitura de São Paulo, o Morumbi será o estádio do estado de São Paulo.

Agora, o mais incrível é que essa matéria vem justamente após a eleição do Clube dos 13. Coincidência ou não, mas Juvenal Juvêncio é persona non grata nos corredores da CBF, já faz tempo que o dirigente são paulino questiona a gestão do mandatário da CBF. E o foi o dirigente são paulino que apoiou Fábio Koff na eleição do Clube dos 13, chegando a ser o vice da chapa do candidato da situação, enquanto pelo outro lado disputava Kléber Leite (ex-presidente do Flamengo) que teve declaradamente o apoio de Ricardo Teixeira.

A vitória de Fabio Koff que teve a ajuda de Juvenal para angariar os votos necessários para que o ex-presidente do Grêmio continuasse a frente do Clube dos 13, incomodou muito a CBF, pois Koff já declarou após sua reeleição que irá mexer em feridas que a CBF odiaria que fossem mexidas, a começar pela Série B, Koff quer rever o valor negociado pela Série B.

É notório que nos últimos anos, o jornal mencionado vem se acostumando em atacar o São Paulo, assim como os times do Sul, em um ato simples e puro de represália pelo não apoio a Ricardo Teixeira, já que ele possui “alguma influência” no mesmo.

É nessas horas que vemos como o futebol explica o Brasil, um país pobre de espírito que ainda possui traços de paternalismo e preconceituoso.

Apenas para mostrar, a Fifa após a veiculação da represália de RT pelo jornal Estado de São Paulo disse o seguinte: “O problema do estádio do Morumbi está relacionado com a análise técnica do estádio. Por enquanto, o projeto apresentado estaria apto a receber jogos da fase de grupos e das oitavas de final da Copa do Mundo”, informou a Fifa em uma resposta enviada à Rádio França Internacional e retransmitida ao São Paulo Futebol Clube. Para aqueles que possuem dificuldades de interpretaçaõ de texto, explico, o Morumbi está na Copa sim, e o projeto antigo ja dava condições do time receber jogos até as oitavas.

De qualquer forma, quinta-feira a guerra continua e a resposta da Fifa sairá. Será bom para ver o quanto a entidade é idônea ou cede a pressão do dirigente da principal seleção.

Abaixo, segue quais clubes votaram em Kléber Leite e quais votaram em Fabio Koff.
Os 8 clubes que votaram a favor de Leite foram Botafogo, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Goiás, Santos, Vasco e Vitória. Três indecisos, Portuguesa, Bahia e Fluminense, permaneceram ao lado do atual presidente. Também votaram em Koff Atlético-MG, Atlético-PR, Flamengo, Grêmio, Guarani, Internacional, Palmeiras, São Paulo e Sport.