Jogos de Quinta!

Galera do blog, ontem acompanhei alguns jogos dentre tantos que aconteceram, vejam os meus comentários:

Corinthians 2 x 1 Cerro Porteño (PAR): O jogo era para ser bem mais fãcil para o Corinthians, mas o time insistiu em perder gols, Ronaldo continua devendo, “parece estar pesado”, gostei muito da atuação dos jogadores pelo lado esquerdo, Danilo, Dentinho e Roberto Carlos foram para mim os destaques do time. O Corinthians jogou apenas o primeiro tempo, no segundo quase se complicou por bobeira. O time paraguaio mostrou muita vontade, mas quase zero em qualidade, conseguiu assustar o time alvinegro algumas vezes, muito mais porque o Corinthians está péssimo na defesa.

No primeiro tempo, o Corinthians mostrou um bom volume de jogo, principalmente nas investidas pela esquerda, contudo me incomoda “a fome” de Roberto Carlos, ontem o lateral em pelo menos dois lances abdicou de uma jogada melhor por simplesmente chutar a uma distância de 40 metros. Por outro lado, Danilo parece estar a vontade no time, se entendeu muito bem com Dentinho. Mas o primeiro gol saiu daquele que parece se arrastar em campo, Ronaldo muito oportunista, aproveitou um erro da defesa para guardar o seu gol.

Veio o segundo tempo, e junto dele a disciplicência do time alvinegro que começou a se desinteressar pelo jogo, principalmente após o segundo gol, o time desistiu de jogar e viu o Cerro começar a crescer na partida. O time paraguaio conseguiu diminuir, mas não foi o suficiente para empatar a partida. Em resumo, o Corinthians tem tudo para terminar em primeiro no grupo, porém alguns ajustes devem ser feitos a defesa continua errando muito, o que pode ser crucial na fase de mata mata.

Atlético-MG 6 x 0 Chapecoense: Pela Copa do Brasil, o Galo não tomou conhecimento do time de Santa Catarina, aplicou seis gols, carimbou o passaporte para a próxima fase e agora enfrenta o Sport. Renan Oliveira vem melhorando muito, este ano o jovem jogador tem feito boas partidas pelo Atlético, além de Tardelli que parece estar voltando a fazer as pazes com o gol.

No primeiro tempo, parecia que a sorte não estava do lado mineiro, no primeiro lance da partida Obina se machucou e deu lugar a Muriqui. Porém o primeiro gol saiu graças a Muriqui que tocou rápido e encontrou Fabiano para abrir o marcador. O Galo continuou pressionando o time do sul, mas não traduzia isso em oportunidades, era complicado entrar na área adversária, as únicas alternativas eram os chutes de fora da área, onde os atleticanos não foram tão felizes. E assim acabou o primeiro tempo.

No segundo tempo, o Galo tramou uma boa jogada para entrar na área adversária, que foi parada com falta, pênalti que Tardelli quase se atrapalhou com a paradinha, mas cobrou muito bem, esse foi o gol para desencadear a goleada mineira. A partir daí, os gols saiam aos poucos, e aos 30 do segundo tempo, já estava 6×0, aí foi conduzir o jogo até o final e comemorar com a massa que como sempre enche o Mineirão.