Clássico cheio de gols (e falhas defensivas)..


Galera, hoje foi um daqueles dias qeu foi impossível sentar a frente de um micro para postar, por isso peço desculpas pela ausência de post sobre um jogo tão eletrizante quanto foi o classico. Resolvi trazer o comentário que o grande jornalista Fernando Sampaio fez em seu blog. Apenas destaco que o clássico foi eletrizante, mas não bom, mais da metade dos gols sairam de falhas grotescas das defesas. De resto, concordo com tudo que Fernando menciona abaixo. Confiram:

Retirado do blog de Fernando Sampaio.
Os dois entraram preocupados em marcar forte e não dar o contra-ataque. A ideia era sair na frente, afinal eram as duas defesas menos vazadas do campeonato. Sair na frente seria uma bela vantagem. Ninguém imaginava um jogo com tantos gols.

Foi um jogo espetacular, decidido num gol contra, nos acréscimos.

A primeira chance do Corinthians veio na bola aérea. Aos 15′, escanteio cobrado pelo Danilo e Paulo André mandou na trave. Na volta, outra trave. Aos 18′, Jean perdeu bola no meio-campo e deu primeiro contra-ataque do jogo. Em toques rápidos, Elias marcou um golaço, com participação de Danilo, Dentinho e Ronaldo.

Depois do primeiro gol, o São Paulo saiu para o jogo mas não conseguiu furar a retranca. Faltou espaço e criatividade. Aos 34′, Danilo ampliou de pé direito no ângulo. Ele cresce nos clássicos. Logo depois, Washington e Dentinho foram expulsos. Foi o único erro grave do Seneme. O são-paulino jamais poderia ter sido expulso. Não tem explicação. Semene fez media. Aos 43′, Jean diminuiu na única boa jogada de Dagoberto no clássico.

O Corinthians foi bem melhor no primeiro tempo.

No segundo tempo o jogo pegou fogo. Há anos, defendo o futebol com 10 jogadores. É muito mais aberto e ofensivo. Aos 7′, Roberto Carlos marcou de falta. A bola desviou, o gramado estava molhado, mas a bola era defensável. De qualquer forma, Rogério Ceni fez uma bela partida e evitou mais gols do Corinthians.

O Corinthians abriu 3×1 e parou. O São Paulo cresceu e empatou. Aos 29′, Hernanes bateu falta no meio do gol, Rafael Santos deu rebote e Souto marcou. Aos 37′, Souto empatou aproveitando mais uma cobrança de falta. Cicinho entrou bem na partida.

Nos últimos minutos, o jogo ficou aberto e qualquer um poderia ter levado. Mano colocou Iarley e o atacante foi feliz. Chutou errado. A bola estava indo em direção a lateral. Alex Silva colocou a cabeça e a bola foi no ângulo.

Foi justo. O Corinthians mereceu mais a vitória e acabou levando.

2 respostas em “Clássico cheio de gols (e falhas defensivas)..

  1. Volto para reclamar do despreparo dos juizes. Lendo os lábios do Dentinho e do Uóxiton ficou claro o que ocorreu:
    – Dentinho: – Uóxiton, cheira meu cotovelo!
    – Uóxiton: – Garoto sapeca! (passando a mão no rosto do rapaz)
    O cara achou uma bichice e expulsou os dois.
    – futebol é prá macho! Disse em seguida.

  2. o Washington deu um tapinha no rosto do Dentinho dps da cotovelada e caiu. Deve ser por isso que foi expulso.
    A única falha mesmo desse clássico foram as falhas do goleiro. Corinthians foi bem melhor no jogo e mereceu a vitoria. Vamos ver se continuamos nesse embalo.
    Quinta tem jogo da Libertadores. O Cerro vem sem 6 titulares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s