Brasileiro e sua mania de fila…

Galera do blog mais querido, ontem assistindo a TV vi uma reportagem na Sportv sobre a estréia do Corinthians na Libertadores e que os ingressos estavam praticamente esgotados e que a maioria desses ingressos foram vendidos pelo site do Fiel Torcedor (fieltorcedor.com).

Diante disso, os reportéres entrevistaram alguns torcedores que tentavam a sorte indo ao estádio comprar, e em uma das entrevistas, um torcedor disse que era injusto com o torcedor que não tem acesso a Internet ou que prefere comprar no estádio, que eles iriam ficar sem o ingresso.

E vão mesmo.

Nessa hora alguns comentaristas não concordavam com isso e defendiam a alegação do torcedor, enquanto outros contraargumentavam.

Na minha opinião, toda essa discussão surge por um problema cultural do brasileiro, apoio completamente que cada vez mais os ingressos não fiquem concentrados nos estádios, dê preferência que nem se venda mais ingressos nos estádios, principalmente nos dias de jogo. Sou a favor de existirem vários pontos de vendas, como Correios, Casas Lotéricas, Grandes Magazines de artigos esportivos, entre outros.

Reclamar que não vender no estádio, o torcedor não irá, é uma grande bobagem. Quando o Flamengo estreiar na Libertadores, o time não conseguirá colocar seus quase 15 milhões de torcedores dentro do estádio, ou seja apenas 0,8% da torcida estará dentro do estádio e assim por diante para os outros times.

Eu acho que as formas de venda devem ser diversas, porém em jogos de grande expectativa, poderão acontecer coisas desse tipo, mesmo pela Internet ou por Programas de Sócio-Torcedor, por muitas vezes os seus sócios ficaram sem o ingresso também. Veja o caso do Internacional, clube brasileiro com o maior número de associados, algo em torno de 100mil, se todas as vezes que o Inter for jogar no Beira-Rio, seus sócios quiserem ir ao estádio, pelos menos uns 40 mil terão que assistir pela TV.

Em resumo, o que mais incomodou foi as duras críticas feitas ao Corinthians por esta iniciativa, o Corinthians está no caminho certo e deve ser parabenizado por conseguir vender seus ingressos quase que na totalidade por um site vinculado ao programa de socio torcedor. Aliás outros clubes merecem parabéns por esses programas, apenas para se ter uma idéia, segue a relação
dos dez com maior número de sócios torcedores:

1º) Internacional, 100 mil.
2º) Grêmio, 53 mil.
3º) Corinthians, 46 mil.
4º) São Paulo, 42 mil.
5º) Vasco da Gama, 28 mil.
6º) Santos, 25 mil.
7º) Atlético Paranaense, 22 mil.
8º) Cruzeiro, 18 mil.
9º) Coritiba, 18 mil.
10º) Ceará, 10 mil.

Apenas para complementar, além dos quatro primeiros que possuem ótimos programas, destaco o Vasco que vem reestruturando seu programa de forma interessante e o Flamengo que começa a desenhar um programa muito ousado.

Anúncios