Cadê o seu diploma?

Ontem li uma matéria na Folha de São Paulo onde se comentava que os técnicos brasileiros precisarão ter uma licença para atuarem como treinandor.

fonte: abril.com.br

fonte: abril.com.br

Em resumo, funcionaria como um curso, quase uma faculdade para formar esse técnicos.

O pontapé inicial já foi dado. No fim de 2008, a CBF acertou parceria com a PUC de Minas para montar um curso de treinadores de futebol. A estrutura ainda está em fase experimental, com três módulos: para técnicos de crianças, de adolescentes e de jogadores profissionais. Cada um tem 320 horas de aulas. O primeiro módulo para crianças já começou em julho deste ano, o segundo está previsto para janeiro de 2010 e o destinado a profissionais deve ter início na metade do ano que vem.

Em um primeiro momento, os que quiserem participar do curso terão de atender a algum destes pré-requisitos: ter diploma em algum curso de nível superior, preferencialmente em Educação Física; ser um ex-jogador com experiência na função de técnico; ter exercido a profissão durante um bom tempo ou ser federado em seu Estado.

Depois, os novos pré-requisitos serão reavaliados e podem sofrer modificações. Os técnicos terão aulas como legislação esportiva, primeiros socorros em medicina esportiva, psicologia, gestão esportiva, entre outros temas.

Na Europa isso já funciona, além de ser muito bem aceito. O grande exemplo disso é Ricardo Gomes que para dirigir o Mônaco na França precisou obter essa “licença”. 

Um belo passo visando o profissionalismo do nosso querido esporte.